LZF

LZF-003-BANGA-SG-SM1

 

LZF apresentou em Milão a sua nova Coleção para 2017, na Euroluce - Exposição Internacional de Iluminação, que decorreu em simultâneo com o Salão do Móvel de Milão, de 4 a 9 de Abril de 2017.

 

 

LZF Banga

 

by Atelier Yonoh

 

Desenhado pelo Atelier Yonoh, a iluminação Banga é um exemplo da funcionalidade, frescura e singularidade que o atelier faz transparecer nas suas criações.

Este candeeiro está disponível em duas dimensões, Banga é composto por uma série de folhas individuais, conectadas através de tiras metálicas, o que se assemelha a um guarda-sol oriental com um toque de neoclassicismo, no que refere aos princípios de simplicidade e simetria.

 

lzf-lamps-yonoh-designers1

 

Yonoh

 

Yonoh é um atelier multidisciplinar fundado por Clara del Portillo e Alex Selma em 2016.

O atelier é caracterizado por ter um estilo simples e funcional, até porque a filosofia do atelier está fundamentada na simplicidade e inovação sem extravagâncias. O Atelier já foi premiado com o IF Design award, em 2015, com o modelo Chou da LZF.

 

 

LZF Stitches

 

by Egbert-Jan Burojet

 

candeeiros-stitches-lzf

 

"Luz bordada", como a LZF faz referência a esta coleção desenhada por Egbert-Jan Burojet. Esta iluminação faz lembrar os moldes de costura utilizados por costureiras e alfaiates.

O método utilizado para simulação de pontos de costura acaba por modelar o candeeiro dando-lhe formas completamente distintas.

A coleção Stitches conta com quatro modelos: Mopti, Tombuctú, Djenné e Bamako, cada iluminação tem o nome de uma cidade de Mali, uma vez que, as suas formas remetem-nos para as suas mesquitas construídas em abode e para a sua tradição em produção de bordados.

 

Egbert-Jan Burojet

 

Nasceu em 1971 em Alkmaar, Holanda. Licenciou-se em Engenharia Arquitetónica em Alkmaar, em 1994 e 1999 em Design pela Academia de Design de Einshoven. Em 2001 cria o seu próprio atelier, buroJET. O seu trabalho tem sido exposto em Milão, Nova York, Hong Kong e Londres. 

 

burojet

 

Desenhado por Mariví Calvo, Fundadora e Diretora Criativa da LZF. A iluminação Kim, de design simples e despretensioso, remete-nos para as divisórias existentes nos tradicionais Ryokans Japoneses.

 

lzf-wood-lamps-marivi-calvo1 (1)

 

Mariví Calvo

Mariví Calvo é a Fundadora e Diretora Criativa da LZF.

Entre 1986 e 1992, Mariví exibiu a sua arte em ambos os lados do Atlântico, com estúdio em Nova York, Madrid e Paris. 

Em 1994, funda a Lzf Lamps juntamente com Sandro Tothill elegendo a folha de madeira como elemento fundamental à sua arte e como o "melhor material para difusão de luz".